30/09/12

Review Motorola Atrix TV - XT 687 (dual chip)


Alguém já reparou que depois do primeiro Galaxy S, não apareceu nenhum celular top com TV digital? E quem já viu um aparelho top com dual chip? Pelo menos aqui no Brasil, nenhum... Mas se existe interesse das pessoas em aparelhos dual chip e com TV, por que ninguém lança? Isso só os fabricantes sabem responder...

Mas pelo menos o primeiro passo a Motorola quem deu. Ela lançou um aparelho com a combinação do Android 4.0, suporte a dual chip e TV digital! Estou falando do Motoroal Atrix TV!

Verdade que ele não é um modelo top, mas também não é um aparelho básico, como os outros dual chips lançados até o momento. Trata-se de um smartphone intermediário, com preço na faixa dos mil reais.

Especificações:
  • Tela TFT capacitiva 4", resol. 480x854 , dens. 245ppi
  • Proc. single core 1Ghz + GPU Adreno 200
  • RAM 512MB + Mem. flash de 400MB para apps
  • Cartão microSD de 4GB (suporta até cartões de 32GB)
  • Câm.tras. 8MP c/ auto-foco e flash+frontal 0.3MP VGA)
  • Android 4.0.4
  • 3G HSDPA, wi-fi b/g/n, bluetooth 3.0
  • Bateria de 1700mAh
  • Versões single chip (XT682) e dual chip (XT687)
  • Dimensões:119.8 x 60.5 x 9.9 mm
  • Peso 129g 
Hardware/ Tela

O Atrix TV não tem as especificações de um aparelho top, mas certamente é muito superior aos aparelhos dual chip que estamos acostumados a ver. Suas características são semelhantes a outro aparelho que já foi top no passado e que também possui TV digital: o Galaxy S original.

Se por um lado o processador single core e os 512MB de memória parecem poucos quando comparado com outros aparelhos intermediários (como o Galaxy SII Lite, por exemplo), por outro ele é bem superior aos aparelhos dual chip com Android já lançados, como o Motosmart, o Optimus Net Dual e o Galaxy Y Duos.

Mesmo ainda não sendo o ideal, felizmente a Motorola aumentou a memória reservada para a instalação de apps. Agora são 400MB disponíveis. Como já mencionei, ainda não é o ideal, mas é muito melhor do que os 150MB que estamos acostumados a encontrar nos aparelhos de entrada.

A tela LCD de 4"  é do tipo capacitiva, suporte a multi-toque (consegui até 4 toques simultâneos na tela) e tem uma resolução ótima (480x854 pixels). É a mesma resolução de aparelhos como o Milestone e proporcionam uma boa definição de imagens e fontes. O tamanho da tela é muito bom, há um bom espaço para o teclado, facilitando a digitação. Mesmo assim o aparelho é bastante compacto, sua espessura é quase a mesma do Galaxy SII e bem menor do que a do Milestone 2.

Design

Assim como o Motosmart, o Atrix TV possui a carcaça de metal, um diferencial entre tantos aparelhos com o corpo feito em plástico. Seu visual é muito bonito e diferente. Lembra o Motosmart, mas tem sua própria identidade. Na parte frontal há a saída de som, compartilhada por uma luz de notificação. Sua traseira possui um tom de cor mais escuro, enquanto que a tampa tem uma cor diferente, mais clara. Na traseira também está a câmera de 8MP, com foco automático e flash. Interessante que na parte inferior da traseira existe uma tela, semelhante a usada no primeiro e segundo Milestone, onde está o alto-falante.

Na lateral direita está o botão de volume e, logo acima, a antena usada para sintonização da TV. No lado esquerdo está o conector micro USB usado para conexão de dados e carregamento do aparelho. Na parte inferior existe um pequeno recorte, também para a saída de som, onde acredito que deve evitar o abafamento do som quando o aparelho está no bolso. Por fim, na pare superior está o botão liga/desliga e a saída P2 para fones de ouvido.



Comparando o tamanho: Galaxy SII com tela de 4.3"(esq.), Atrix TV com 4" (centro) e Milestone 2 com 3.7" (dir.)

O Atrix TV (centro) tem uma espessura intermediária entre o SII e o Milestone 2
Câmera

Não tive muito tempo para testar a câmera, consegui testá-la apenas em ambientes claros, onde ela se saiu muito bem. Ela possui 8MP, tem foco automático e flash. O único porém é que ela não filma em HD, apenas em 480p (qualidade de DVD). Sabendo que aparelhos como o Milestone 2 consegue filmar em 720p (apesar de que a qualidade não é das melhores), a Motorola poderia ter otimizado o software para conseguir o mesmo no Atrix TV. Algo que também faz falta (e está se tornando cada vez mais raro) é um botão dedicado para a câmera.


Interface/Navegador

O Atrix TV vem com o Android 4.0.4 instalado (apenas na versão XT 687 - dual chip), usando a interfade original do Google (holo) com algumas customizações feitas pela Motorola. É muito melhor do que a antiga Motoblur, mas não tem a fluidez que vi em outros aparelhos com ICS. Talvez o culpado aqui seja a pouca memória RAM (512MB), que era mais do que suficiente para a versão Gingerbread (2.3), mas que não seja suficiente para o ICS (4.0). Achei que ficou melhor usando outra interface, o Apex. Recomendo testarem com ela ou com o Nova Launcher.

Ao contrário do Motosmart, o navegador padrão funciona bem aqui. Zoom, rolamento da tela, tudo funciona muito bem, apesar de continuar preferindo usar o Dolphin, que ficou ainda melhor no Android 4.0

Bateria

A bateria é um pouco maior do que a média, 1700mAh. Isso é necessário pois tanto o dual chip quanto a TV aumentam o consumo. Ainda não pude verificar a autonomia, mas assim que tiver uma média, estarei atualizando esse tópico.

TV

A TV digital, um dos chamariz desse aparelho, funcionou muito bem. Fiz um teste na região de Guarulhos - SP e conseguir localizar 20 canais. Em receptores USB, o máximo que consegui foram 16 canais. Pode-se concluir que o nível de recepção é muito bom, algo necessário para que consigamos assistir tv em movimento, dentro de um carro ou ônibus.

A interface permite ver o resumo da programação, sinopse dos programas. Existe também um widget que pode ser inserido na tela inicial e que mostra qual programa está sendo exibido em determinada emissora. Clicando nas setas, você exibe a programação atual de uma outra emissora.

Também é possível gravar os programas para assistir futuramente. A qualidade da imagem gravada é a mesma de quando é exibido ao vivo.

Só ficou faltando descobrir a autonomia no modo de exibição da TV, informação que atualizo assim que possível.



Dual chip

O Atrix TV possui a dual standby. Ou seja, enquanto estão em standby, ambos os chips ficam disponíveis para receber chamadas. Porém, ao realizar ou atender uma ligação em um chip, o outro fica inoperante até o encerramento da chamada. Ligações para esse chip serão direcionadas para a caixa postal. E, por fim, não é possível ligar usando o outro chip quando  já está usando um deles.

Além disso, só é possível conectar em 3G usando o chip que está no slot 1. O slot 2 só permite conexões em EDGE (2.5G).

Dito isso, o uso de aparelhos dual chip é recomendado àqueles que possuem um chip principal e que usa com mais frequência, inclusive para conexão de dados, e que possuem um segundo chip usado eventualmente, principalmente para realizar chamadas.

É possível que futuramente seja lançado aqui no Brasil algum aparelho com dual ativo, ou seja, ambos os chips fazem e recebem chamadas simultaneamente. Mas imagino qual seja a autonomia de bateria, já que o consumo deve ir para as alturas. Um aparelho que possui dual ativo é o Samsung Galaxy S Duos.

Conclusão

A Motorola bem que poderia ter usado um processador dual-core e ter colocado mais memória no Atrix TV. Um aparelho como o Galaxy SII Lite está na mesma faixa de preço e tem processador e memória superiores. Mas somente o Atrix TV possui a TV Digital e o suporte ao dual chip. E ainda vem com o Android 4.0 instalado. Essa combinação faz dele um aparelho muito especial, o sonho de muita gente. E não há outro aparelho com a combinação que o Atrix TV tem.

Sendo assim, se você deseja um aparelho dual sim que não seja básico demais, vá de Atrix TV. Se você quer um aparelho com TV digital e que possua Android, fique com o Atrix TV. E se você quer um aparelho com Android 4.0, TV Digital e dual chip, adivinhe: o Atrix TV é o aparelho para você!




Agradecimentos ao amigo Fábio Ribeiro, que gentilmente emprestou seu aparelho para este review.

153 comentários:

Postar um comentário