31/08/2018

Galaxy Note 9 | Smartphone fantástico, mas o preço assusta

Estive no último dia 30 de agosto no evento de lançamento do Galaxy Note 9 aqui no Brasil. E como é de se esperar dos smartphones premium da Samsung, o aparelho é fantástico! Apesar de não ter tantas diferenças visuais em relação ao seu antecessor, o Galaxy Note 8, ele pode resolver um dos maiores problemas de smartphones com hardware potente: a autonomia.

Isso porque o Galaxy Note 9 traz uma bateria de 4000 mAh, 700 mAh a mais quando comparado com o Galaxy Note 8. Ainda não foi possível fazer testes práticos, mas considerando que o Galaxy Note 9 traz quase o mesmo hardware do Galaxy S9+ e que este está conseguindo ficar um dia inteiro longe da tomada com uma bateria menor (3500 mAh), as expectativas são otimistas.

A bateria não é o único item enorme desse aparelho. A tela cresceu ainda mais e agora são 6,4" (6,3" no Note 8), com proporção de 18,5:9 e resolução QuadHD+ (2960x1440 - 516ppi). Inclusive ela foi eleita a melhor tela entre os smartphones pelo site Display Mate.


O Galaxy Note 9 também traz o chipset Snapdragon 845 octacore de até 2,8GHz, CPU Adreno 630 e virá com versões de 6GB de RAM/ 128GB de Armazenamento e até 8GB de RAM/ 512GB de Armazenamento. Poder de processamento aqui não vai faltar. A Samsung inclusive está usando um novo sistema de refrigeramento que permite o uso de um novo dispositivo DEX no Galaxy Note 9. O DEX transforma alguns aparelhos da Samsung em um computador Desktop completo, permitindo acoplar monitor, teclado e mouse, A nova versão do DEX consiste apenas em um adaptador para ligar o Note 9 na TV ou monitor via HDMI.


O novo Samsung DEX, agora um adaptador que é plugado na porta USB-C
do Galaxy Note 9
E a S-Pen, maior destaque da linha Note, ganhou novos recursos. Ela agora possui conexão bluetooth para comandar o Note 9 à distância. A caneta inclusive é recarregada no próprio compartimento em apenas 40 segundos. É possível clicar no botão da S-Pen para tirar uma foto ou trocar de slide numa apresentação, por exemplo. Como a API é aberta, outros desenvolvedores poderão adaptar os aplicativos para utilizar esse recurso. A S-Pen mantem todos os recursos conhecidos da linha Note, como captura de tela, captura de texto, recorte e desenho.


As câmeras do Galaxy Note 9 são as mesmas do Galaxy S9+, com um duplo sensor traseiro de 12MP, sendo que o principal tem abertura variável entre f/1.5 e f/2.4, enquanto que o secundário é uma lente tele com zoom de 2x e abertura f/2.4. Ambas filmam em até 4K a 60fps. O sensor frontal tem 8MP, abertura f/1.7, auto foco e gravação em até QHD. Porém, pela primeira vez em seus smartphones, a Samsung adotou o IA, identificando o objeto e fazendo automaticamente os ajustes para garantir o melhor resultado.

Por fim, o Galaxy Note 9 mantem a traseira em vidro, bordas em metal, bluetooth 5.0, proteção IP68 contra água e poeria, sensor de digitais, desbloqueio por íris (agora com reconhecimento híbrido, igual ao Galaxy S9) e já vem de fábrica com o Android 8.1 Oreo. Sem dúvidas, um aparelho fantástico! O problema é o seu preço... Na versão com 6GB RAM/ 128GB Armazenamento, o Galaxy Note 9 custa 5.499 reais! E na versão com 8GB RAM/ 512GB Armazenamento, o preço assusta ainda mais: 6.499 reais. A Samsung está alcançando a Apple em preço estratosférico!

O Galaxy Note  já está em pré-venda, chegando oficialmente no mercado brasileiro no dia 14 de setembro (a versão mais básica, com opção de cores ocean blue e midnight black) e 29 de setembro (a versão mais cara, exclusiva na cor cobre).

 






1 comentários: