05/08/2014

Os smartphones baratos estão realmente bons

O Moto G foi um dos primeiros aparelhos que vieram pra provar que smartphone intermediário pode sim ter um bom desempenho, boa construção e sistema atualizado. Mas os outros aparelhos intermediários também eram muito bons, eles apenas ficaram mais baratos.
Porém, no mercado de entrada (onde são posicionados os aparelhos mais baratos), tivemos aparelhos que sempre foram extremamente "capados", oferecendo apenas o básico. Alguns ofereciam o mínimo de desempenho e experiência, suficientes para o uso básico. Uso de jogos e aplicativos mais pesados e boa velocidade, nem pensar. E ainda tinham os aparelhos que o desempenho é tão ruim que nem o básico eles conseguem oferecer. Simplesmente o uso é sofrível para fazer qualquer coisa.
Moto G - Recriando o termo custo x benefício nos smartphones
Quem diria que a Motorola iria mudar essa realidade aqui no Brasil. Com o lançamento do Moto E, ela mostrou que produzir um aparelho barato e com uma boa experiência de uso é possível.
É essa conclusão que tenho após quase 2 meses de uso do Moto E. Só para que vocês tenham idéia de como é meu uso com smartphones, sempre possui como aparelho principal um modelo top. Todos os Galaxy Note, alguns Galaxy S e o LG G2 já fizeram parte do meu dia-a-dia. Hoje, estou com um Galaxy Note 3 (ansioso pelo Note 4!) e com um Nexus 5 fazendo parte do meu uso diário.
Moto E - Smartphone barato mas com boa experiência de uso
  Então, com essa descrição, vocês já devem ter notado que gosto de aparelhos com tela grande, bom poder de processamento e boa duração de bateria (nesse último quesito, o Nexus 5 já está deixando a desejar!).

E, usando também o Moto E diariamente, com um chip 3G e outro do trabalho, tudo indicaria que eu torceria o nariz para a sua tela "pequena" e sempre recorreria ao smartphones maiores.
Mas não foi o que aconteceu. Tenho usado o Moto E com bastante frequência, inclusive para navegação na Internet, algo que acho essencial fazer em uma tela grande. Também escuto podcasts, converso no whatsapp, envio mensagens de texto, jogo, leio notícias... Enfim, estou fazendo praticamente tudo nele sem recorrer aos outros aparelhos.
Uma tela grande é sempre  algo muito bom, mas um aparelho com tela menor permite uma "pegada" melhor, sendo bem mais fácil o uso com uma mão. Se você está em pé usando o transporte público, segurá-lo fica ainda melhor.
L70 - LG também quer competir com smartphones bons e baratos
Mas o que realmente me surpreendeu, é que me dei conta de que poderia viver muito bem com o Moto E como meu único aparelho! Consigo fazer tudo nele com praticamente a mesma performance e qualidade dos aparelhos premium. Talvez seja o Android quase puro e mais leve. Talvez seja o bom conjunto. Mas é bastante animador ver que finalmente os aparelhos baratos estão conseguindo entregar uma boa experiência para o usuário.
Galaxy Core Plus - Uma das muitas opções baratas da Samsung
E quando digo "os", é porque o Moto E pode ter sido um dos primeiros, mas não é o único aparelho com essa característica. O Galaxy Core Plus, da Samsung, também mostrou o mesmo potencial. Os L70, L65 e L40, da LG, também. O Xperia E1, da Sony, também. Fora os Lumia 520, 620 e 630, com sistema Windows Phone, que já há algum tempo são aparelhos com interface e sistema fluidos e responsivos.
Claro que nem tudo são flores. Se você gosta de fotografia, o Moto E não é indicado para você. Ele não possui câmera frontal e sua câmera traseira é bem fraquinha. E o seu preço está muito próximo do Moto G, com características superiores. O L70 tem uma séria limitação de memória interna. O Galaxy Core Plus e o Xperia E1 tem menos de 1GB de RAM e possuem tela LCD com painel TFT, inferior ao IPS do L70 e do Moto E. Mas em questão de usabilidade, todos "mandam" muito bem. E isso foi o que sempre mais faltou em aparelhos de entrada.
LG L80 - Smartphone com preço sugerido alto, mas que é encontrado
com descontos enormes por causa da concorrência
Então aqueles que vão comprar o primeiro smartphone e não querem gastar muitos, saibam que vocês estão muito bem servidos. Como nunca estiveram antes, aliás. E quem já tem um aparelho antigo e quer trocar, també sem gastar muito, essa é a melhor hora, pois as opções são muitas e a experiência melhorou muito.

3 comentários:

  1. Muito bom o Moto E e parabens pela materia

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Cade o xperia e3???
    Mas parabéns pela materia!!

    ResponderExcluir