14/07/2013

É negócio pagar mais de 2000 reais em um celular?

Tem um Galaxy SII? Comprou na época do lançamento e pagou os R$ 2000,00 pelo aparelho (que valia mais do que os R$ 2000,00 de hoje) e ficou sendo taxado de louco pelos colegas? Parabéns, você fez um ótimo negócio!
O Galaxy SII foi lançado lá fora em abril de 2011, mas chegou no Brasil apenas dois meses depois, em junho. Dois mil reais é muito dinheiro hoje, imagine a dois anos atrás... Mas quem teve coragem de pagar esse valor e está com o aparelho, conta ainda com um dos melhores smartphones do mercado, que roda o sistema Android e os apps muito bem e tem atualização garantida para o Android 4.2! Tudo isso por apenas 80 reais por mês (2000 reais dividido por 25 meses).
Galaxy SII: mesmo lançado em Abril
de 2011, ainda tem muito gás!
E como seu aparelho será atualizado, seu tempo de vida pode subir para mais uns 8 meses, talvez até mais... Nesse caso, o aparelho sairia por 60 reais ao mês (2000 reais dividido por 33 meses).

E quais os segredos para um aparelho durar tanto tempo?


Hardware mais poderoso para sua época

Quando foi lançado, não tinha aparelho que chegasse aos pés do SII em matéria de poder de processamento: Processador dual core de 1.2GHz, 1GB de RAM e GPU Mali 400MP. Para se ter uma idéia, seu antecessor, o Galaxy SI possui um processador single core de 1GHz,  512MB de RAM e uma GPU PowerVR SGX540, considerado na época um hardware muito bom, mas visivelmente inferior.

Sucesso absoluto

Não há dúvidas de que o Galaxy SIII representa a ascensão da Samsung no mercado mobile. Mas quem realmente abriu o mercado da empresa, lhe dando relevância foi o Galaxy SII. Como A Samsung não costuma divulgar quantidade de aparelhos vendidos, é difícil saber o número total. Mas calcula-se que o SII vendeu mais de 40 milhões de aparelhos em todo o mundo.
O Galaxy Note original também será atualizado até o Android
4.2, graças ao seu bom hardware e sucesso comercial
Toda essa base de usuários acabou por incentivar a Samsung a dar um melhor suporte ao aparelho, que já atualizou o sistema, originalmente lançado na versão 2.3, para as versões 4.0, 4.1 e futuramente, 4.2. Claro que não é garantido que uma empresa ofereça um suporte tão longo ao aparelho, mas essa atitude deixaria pelo menos 40 milhões de compradores infelizes, revoltados e que talvez até riscassem a marca Samsung de futuras compras. 

Por outro lado, aparelhos que venderam pouco são esquecidos prematuramente. Veja por exemplo o Galaxy Tab 7.7, que foi barrado em vários países por causa do processo de plágio da Apple e por isso quase foi abandonado no Android 4.0? A Samsung só reveu sua decisão após inúmeras reclamações dos compradores do produto.

Outros aparelhos da empresa que devem ter um longo suporte são os Galaxy SIII e Note II, que fizeram bastante sucesso e venderam bem.
Com hardware poderoso e bom sucesso de vendas, o
Galaxy Note II deverá ter uma longa vida de updates
Mais bons exemplos

O Galaxy SII foi meu principal exemplo por ser um aparelho com Android, que na maioria das vezes carece de atualizações por parte dos fabricantes. Mas se olharmos no mundo Apple, verá que os aparelhos tem um ciclo de vida ainda maior!

O Iphone 4, por exemplo, foi lançado em junho de 2010 nos Estados Unidos (setembro de 2010 no Brasil). Desde então, já passaram mais de 3 anos e ele continua firme e forte! E ele ainda será atualizado para o IOS 7. Se a Apple continuar relativamente previsível como nos últimos tempos, esse aparelho deverá ser descontinuado com o lançamento do próximo iPhone (iPhone 5S?). Mas ele ainda rodará o sistema atual por pelo menos mais um ano. Então, para quem pagou 1800 reais no modelo de 16GB na época de lançamento gastou o equivalente à menos de 38 reais por mês (R$ 1800,00 dividido por 48 meses). O iPhone 4S, lançado em outubro de 2011 (dezembro de 2011 no Brasil) deverá seguir o mesmo caminho. O iPhone 4 também.
Cada aparelho da família iPhone tem uma longa vida antes
de se aposentar
Mas existem excessões

Claro que existem outros bons exemplos, mas infelizmente tivemos aparelhos que fizeram um sucesso relativo e ainda sim sofreram nenhuma ou uma pequena atualização, ficando aquém do que poderiam ter alcançado. Temos como exemplos os Samsung Galaxy Tab 7 e SI, que foram lançados com Android 2.1 e atualizados até para o Android 2.3; o  o Motorola Milestone 2, que só recebeu uma atualização, para Android 2.3; o Milestone 3, que foi lançado com Android 2.3 e morreu com ele; e o exemplo mais gritante, o Motorola Atrix.
O Milestone 3 é um aparelho com hardware poderoso
e que nunca saiu do Android 2.3
O Atrix era um aparelho super poderoso para a época, com processador Tegra 2 dual core, de 1GHz e 1 GB de RAM. Podia ser acoplado à docks e para simular um laptop ou um PC. Mesmo assim, foi lançado com Android 2.2, atualizado para 2.3 e parou aí.

Geralmente, a desculpa dos fabricantes é de que o hardware do aparelho não suporta atualizações, que o sistema não rodará bem, etc. Só que esses mesmos fabricantes lançam outros aparelhos atualizados e, pasmem, com hardware até inferior ao aparelho que ela não atualizou alegando não ser potente o suficiente... Quanto ao Atrix, além dessa desculpa, ainda culparam o software que simulava um computador, que seria incompatível com uma versão mais recente do Android (algo que a maioria dos donos concordariam com prazer em abdicar em troca da atualização).
O Atrix teve um dos piores suportes possíveis
do fabricante no mundo mobile
Por fim, também é de se considerar de que hoje existem bons aparelhos custando por volta de 500 reais e que podem durar tranquilamente mais de 1 ano, com custo mensal abaixo de qualquer top que dure 3 anos. Mas lembre-se que adquirindo um aparelho top, a experiência de uso será sempre melhor. O SII, por exemplo, ainda tem um desempenho superior ao Razr D1, que é um dos melhores aparelhos de entrada da atualidade. O SII ainda bate de frente com os aparelhos intermediários atuais.

Conclusão

Pode parecer um absurdo gastar acima de 2000 reais em um smartphone. Principalmente quando existem opções que custam 30% do valor ou até menos. Mas se você não é de trocar de aparelho o tempo todo, investir em um smartphone para usá-lo por mais de 3 anos pode ser um bom negócio. Você terá um smartphone excelente hoje e ainda muito bom até lá. Só tome o cuidado de escolher o aparelho certo, que são aqueles com hardware potente e boa aceitação no mercado. Os top da linha Galaxy da Samsung e o iPhone mais recente da Apple são uma boa dica.

Fontes:   G1, site Info, blog do iPhone, Techtudo, Wikipedia

2 comentários:

  1. voce acha que o nexus 4 pode entrar nesta lista??

    ResponderExcluir
  2. Um UMI X2 1GB RAM 16 GB RAM Full HD por R$ 600,00 é muito mais negócio.
    Android 4.2
    Dá banho em qualquer siii.
    http://www.aliexpress.com/item/UMI-X2-white-original-with-Grollia-glass-1920-1080-FHD-MTK6589-1GB-16GB-5-0-IPS/1062515940.html

    ResponderExcluir