19/05/2014

Como notícias iguais podem ser tão diferentes?

É algo realmente impressionante como uma mesma notícia pode gerar conclusões diferentes. Infelizmente, não pela interpretação que o leitor faz ou por ser um artigo subjetivo, mas porque os veículos que a publicaram coagiram o leitor à tirar uma conclusão diferente.

Já vi vários casos assim, mas a notícia que me levou à esse artigo é a dos números globais de vendas de Tablets que a IDC divulgou agora em maio. Abaixo, segue o gráfico que a IDC divulgou, onde estão as informações do total de vendas no 1º quarto de 2014 (de janeiro à abril), assim como o market share (participação no mercado). Também estão no gráfico as mesmas informações referente ao ano passado e na última coluna temos um comparativo de crescimento ou queda nas vendas deste ano comparados com o mesmo período do ano passado.

O Gráfico do IDC: Apple ainda é líder com folga, mas perdeu mercado; Samsung e Lenovo
cresceram fortemente; Asus ficou estável; Amazon caiu e outros fabricantes tiveram um
aumento de mercado.
Aqui começam os problemas. O gráfico exibe várias informações, que deveriam ser repassadas aos leitores para que tenham as recebam e tirem suas conclusões. Porém, alguns veículos acabam influenciando a conclusão do leitor. Mas como? Simples, eles destacam a parte que querem da notícia. E isso tem acontecido na prática com uma frequência maior do que o normal.


Um site noticiou que a Apple continua dominando o mercado de tablets, com vendas acima dos 3 colocados seguintes. Já outro site noticiou que a Apple continua caindo e perdendo mercado, enquanto que a Samsung não pára de subir...

Vejam só, as duas notícias estão relatando a verdade. Porém, a conclusão que se tira dos mesmos dados é totalmente diferente. A primeira nos dá a conclusão de que a Apple está super bem, enquanto que a segunda faz parecer de que a Apple está em crise.

Gosto de ler e ver opiniões sobre os assuntos, mas também acho que o leitor precisa ter todas as informações para pelo menos concordar ou discordar da opinião. Talvez se a notícia de ambos os sites fosse de que a Apple ainda vai muito bem, liderando o mercado de tablets, mas que lentamente está perdendo uma fatia do mercado para a Samsung, seria a melhor forma de entregar as informações e fazer com que o leitor reflita sobre qual conclusão deve chegar.

Por isso, recomendo que tenham sempre mais de uma fonte de informação. E procurem conhecer sobre outros produtos que não sejam o seu. Quem tem um aparelho com Android, procurem saber informações sobre aparelhos Apple e vice-versa. Leiam sobre o Windos Phone, Windows, Linux. Essa é uma forma de terem suas próprias opiniões e não simplesmente serem influenciados por um veículo ou outro.

Fonte: IDC (notícia);Internet (Imagens)

0 comentários:

Postar um comentário