21/05/2014

Comparativo entre Moto G e Razr D3: Exaltando os Ânimos

Recentemente, publicamos no canal do Brasiligeeks do Youtube o vídeo comparativo do Moto G contra o Razr D3. Esse vídeo tem conseguido uma boa audiência no canal, mas também tem gerado muitas polêmicas.

Fomos acusados por uns de beneficiar o Razr D3 nos testes. Já outros disseram que "puxamos a sardinha" para o Moto G. Tudo isso, mesmo com o teste sendo exibido para todos verem.

O pessoal pró-D3 nos acusou de deixar o Whatsapp rodando ao fundo, exibindo notificações e tornando injusta a comparação. Porém, o Whatsapp também rodava em segundo plano no Moto G, apenas não exibia as notificações (e, com o hardware que os aparelhos possuem hoje, não iria afetar o teste).

Já a galera pró-Moto G afirmou que ele demorava mais para abrir os apps por causa da falta de animações no D3 (elas podem ser alteradas manualmente, mas vêm de fábrica assim, desativadas), ou pela diferença no status dos apps comparados (uns já estavam configurados e outros era a primeira vez que entrava em execução).

Enfim, ambos os lados mostraram motivos para justificar que o teste foi injusto. E, apesar de termos gostado do resultado final do vídeo, ficamos decepcionado em vermos que grande parte do público não entendeu a mensagem que ele deveria ter passado.

Como foi explicado na conclusão do vídeo, concluímos que o Moto G tem um hardware mais poderoso, uma tela maior e melhor e que é mais indicado para games, que fazem uso dessa diferença de desempenho. Já o D3 possui uma câmera melhor, não só em resolução, mas também na qualidade final, tem a possibilidade de expansão de memória, construção mais robusta e o NFC que, apesar de ainda pouco usado, poderá se tornar popular no futuro.


Isso, acreditamos que ficou bem claro e os testes no vídeo mostram bem essa situação. Porém, o debate está justamente na parte em que comparamos o tempo de abertura de apps iguais em ambos aparelhos. Antes de começar, nós limpamos a memória para excluir os apps em segundo plano. Mas o pessoal queria que deixássemos todos os aplicativos no mesmo estado de configuração, pois disseram que isso afetou o resultado.

Mas acompanhem o raciocínio. Um mesmo app abria em ambos aparelhos com uma diferença de menos de 1 segundo. No pior caso não passou de 2 segundos de diferença. 2 segundos! Já imaginaram o que dá para fazer em 2 segundos? Não é possível sequer ler esta frase que escrevemos.

E foi aqui que falhamos, pois não conseguimos mostrar para muitos a seguinte conclusão: para abrir e usar um email, facebook,telefone, SMS, agenda, usar apps do cotidiano ou navegar na internet, ambos aparelhos entregam a mesma experiência. Às vezes o Moto G será mais rápido. Às vezes, será o D3. Mas a diferença é praticamente desprezível. A diferença entre eles estará apenas nos critérios mencionados lá em cima (Jogos, tamanho de tela, slot para cartão de memória, câmera, etc.).

Mas algo muito bom saiu disso tudo: conseguimos fomentar o debate, onde ambos os lados expõem suas opiniões e seus pontos de vista. E desde que o respeito entre todos prevaleça, debates assim sempre serão saudáveis.

0 comentários:

Postar um comentário