09/03/2014

O Windows 8 incomoda tanto assim?

Algo que tenho lido muito na Internet é como as pessoas odiaram o Windows 8 e continuam amando o
Windows 7. Parece que a Microsoft continua sofrendo do mesmo problema cíclico, lançando um sistema bom e outro ruim. Basta lembrar que antes do amado Windows 7, veio o odiado Windows Vista, antecedido pelo amado Windows XP, lançamento posterior ao odiado Windows Me, que substituiu o amado Windows 98...

Claro que o Windows 8 representa uma crise de identidade do sistema operacional. É um sistema com dois ambientes completamente diferentes. Está lá o tradicional desktop que todos conhecemos muito bem e que é praticamente o mesmo do Windows 7; mas agora temos a interface Moderna, que parece ter sido muito bem pensada para tablets e dispositivos com telas touchscreen, mas que ficam estranhas no desktop tradicional.

Apesar de que mais estranho do que usar a interface Moderna no desktop é a convivência dela com a interface tradicional. Parece que as coisas não se encaixam, ficam duas interfaces totalmente diferentes alternando na tela.

Além disso, os comandos da interface Moderna são pouco intuitíveis e difíceis de descobrir. Estou usando o Windows 8 desde o início, mas somente agora descobri que o comando de arrastar o programa para baixo da tela na interface Moderna não fecha o aplicativo, somente o esconde. Para fechá-lo, você precisa arrastar o programa para a parte de baixo da tela e segurá-lo até a janela girar. Agora, fica a questão: como é que alguém consegue descobrir isso sozinho?


Mas, apesar de todas essas críticas, eu não odeio o Windows 8. Muito pelo contrário. Gosto muito do sistema e acreditem: ele é mais estável do que o Windows 7! Até agora ele travou nenhuma vez sequer! Mesmo usando aplicativos pesados de edição, jogos, várias janelas abertas...

E, exceto pelo menu iniciar, todos os elementos do Windows 7 continuam no Windows 8. Você consegue acessar o desktop, windows explorer, painel de controle, tudo com a mesma aparência do Windows 7. Existe uma versão do painel de controle para a interface Moderna, mas as únicas opções que só são possíveis configurar nele são os relacionados à própria interface Moderna e aos apps desenvolvidos para ela.

Se a Microsoft tivesse colocado a opção de escolher qual interface usar e poder alternar entre elas, talvez o sistema fosse melhor aceito. Mas é só sair do novo menu iniciar e pular do desktop para ignorar completamente a interface Moderna. E se realmente você sente falta do antigo menu Iniciar, existem boas opções, como o Classic Shell, que pode ser baixado aqui.

Agora é esperar pelo Windows 9 e descobrir se a Microsoft aprendeu com os erros e lança um sistema com uma interface melhor e mais coerente, pois em matéria de estabilidade, ela já conseguiu um ótimo feito.


1 comentários:

  1. Na verdade quando se lançou o window 8, ao arrastar a interface para baixo e soltar, ela era fechada completamente, após lançar o 8.1, ai sim tem que esperar o icone girar para ser fechado completamente.

    Eu particularmente gosto muito do sistema, não consigo entender onde o pessoal encontra tanta dificuldade em usar a interface moderna, você pode configurar tudo como quiser, está tudo a um clique de você. Bom, este é meu pensamento, à quem discorde e o respeito, porém não entendo, rs.

    ResponderExcluir